• Aos pais

    Gostaria eu de ter tido um pai quando criança, para apresentar aos meus coleguinhas, me contar histórias, me fazer dormir, brincar de cavalinho, me proteger dos monstros, enfim, que fosse o meu herói!

    No dia dos pais, eu não tinha quem levar à escola para ver a apresentação que eu havia ensaiado ou entregar aquela lembrancinha que eu havia feito. Eu a entregava ao meu avô ou mesmo a minha mãe, mas para mim, não era a mesma coisa!

    Eu queria gritar: Paiêêêê! E ele responder: O que foi filhinha? E eu: Trouxe pra você uma surpresa!…

    Mas a vida não quis assim, e eu não pude ter essa experiência como tantas crianças, que por diversos motivos também não o puderam.

    Você, pai, que tem a chance de acompanhar o crescimento de seu filho, aproveite, esta é sem dúvida uma grande benção, indescritível e incomparável!

    Há pouco tempo acompanhamos o desespero de um pai que “perdeu” seu único filho para um câncer cerebral e a sua determinação em conseguir profissionais e tratamentos adequados para ele, lutando bravamente até o último minuto por seu filho, uma criança linda de apenas 10 anos que agora está entre os anjinhos lá no céu!

    Então pai, aproveite cada dia, cada instante de sua vida com seu filho, acompanhe seu nascimento, seu engatinhar, seus primeiros passos, suas primeiras palavras, suas pequenas e grandes conquistas! Seja seu professor, seu guia, seu amigo, seu modelo, seu herói!

    Os anos passam rápido e os filhos crescem e seguem suas vidas e o que ficam são as lindas e gratificantes lembranças! Aproveitem, o máximo que puderem!

    Ensine-os a serem homens de bem, que possam retransmitir seus ensinamentos aos seus descendentes. Lembre-se que o exemplo é o mais importante. Então analise o que verdadeiramente está ensinando ao seu filho? Ensine-o a respeitar, respeitando, a amar, amando!

    Indague-se: Que mundo estou deixando para meus filhos? E também: Que filhos estou deixando para o mundo? Pensem se estão transmitindo princípios éticos e morais a eles? Está realmente presente participando ativamente de sua educação? Seja amigo e companheiro nas alegrias e também nas tristezas!

    Não seja tão rígido, tenha paciência com os seus erros, pois todos somos imperfeitos! Não faça nada que possa se arrepender depois! E se o fizer perdoe-se e tente fazer diferente! Se houver necessidade, busque ajuda de um profissional, mas nunca desista! Ame-os incondicionalmente e seja grato ao Criador pela dádiva recebida!

    Hoje as famílias são muito diversificadas, havendo assim, a necessidade de que outros assumam o papel dos pais na educação destas crianças, mesmo que seja este o caso, quero parabenizar a todos os “pais” que de um jeito ou outro, fazem parte da vida de um ser que lhes foi confiado para cuidar e amar!

    Enfim, a todos pais, avós, tios, … e até mesmo as “pães”, a minha homenagem e gratidão por serem pessoas tão importantes na vida de seus filhos!

    Myrella Brasil

    Publicado dia 09 de agosto de 2012, no Diário da Manhã

Deixe uma resposta